A plataforma Meu Consig, desenvolvida pela Previdência Social, proporciona uma solução prática e conveniente para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O Meu Consig destaca-se ao agilizar atendimentos que anteriormente eram conduzidos nas agências físicas, economizando tempo e esforço dos segurados.

Por meio do site ou aplicativo, é possível acessar extratos, solicitar benefícios, realizar a prova de vida e usufruir de vários outros serviços, todos gratuitos.

A seguir, apresentamos um guia completo sobre o Meu Consig, permitindo o acesso às funcionalidades oferecidas por essa plataforma. Continue a leitura e saiba mais!

O que é o Meu Consig? O Meu Consig é uma plataforma online desenvolvida para proporcionar maior facilidade aos cidadãos.

No Meu Consig, é possível utilizar mais de 90 serviços do INSS de forma digital, além dos serviços disponíveis na plataforma gov.br.

Essa plataforma online foi criada pela Previdência para reduzir as filas nas agências e tornar as informações mais acessíveis aos trabalhadores.

card-fgts-saque-aniversario-meu-consig

Saiba como: Baixar o aplicativo Meu Consig?

No Meu Consig, é possível acessar serviços do INSS, como simular a aposentadoria, solicitar benefícios, agendar perícias e consultar extrato de pagamentos, entre outros.

A plataforma está disponível para acesso via computador ou celular (Android e IOS). Para entrar, acesse o endereço meu.inss.gov.br ou instale o aplicativo Meu INSS no seu celular.

    • Baixe o Meu INSS no Android: Play Store

    • Instale o Meu INSS no IOS: App Store

Confira alguns dos serviços disponíveis na plataforma:

    • Alterar dados cadastrais do INSS;

    • Alterar local ou forma de pagamento;

    • Atualização de dependentes para Imposto de Renda;

    • Cadastrar declaração de cárcere/reclusão;

    • Cadastrar ou renovar procuração, ou representante legal;

    • Cadastrar ou renovar representante legal;

    • Carteira de descontos Meu INSS+;

    • Certidão de Tempo de Contribuição (CTC);

    • Cessação de benefício por óbito;

    • Comunicação de Acidente do Trabalho (CAT);

    • Consulta de benefícios;

    • Consultar taxa de juros dos bancos em empréstimo e cartão de crédito consignado;

    • Declaração de atividade;

    • Desistência de benefício;

    • Prova de vida;

    • Recurso e revisão;

    • Reativar benefício;

    • Reembolso de deslocamento para realização de perícia médica em outra cidade;

    • Solicitar aposentadoria por Idade;

    • Solicitar aposentadoria por incapacidade permanente;

    • Solicitar aposentadoria por tempo de contribuição;

    • Solicitar auxílios;

    • Solicitar benefícios assistenciais;

    • Solicitar exclusão e reativação de empréstimo consignado judicial;

    • Solicitar pagamento de benefício não recebido;

    • Solicitar pensão por morte;

    • Solicitar salário-maternidade;

    • Solicitar aposentadoria;

    • Simular aposentadorias.

Importante: Caso queira verificar um serviço que não esteja listado aqui, basta utilizar a barra de busca e digitar o serviço desejado.

Como acessar o Meu INSS?
O portal Meu INSS modificou o procedimento de login, implementando alterações no site e no aplicativo desde junho deste ano para reforçar a segurança contra acessos não autorizados.

No entanto, o acesso ao Meu INSS ainda é bastante simples. É necessário possuir um cadastro no Portal Gov.br, que integra diversos canais digitais do governo.

O login pode ser realizado utilizando a senha cadastrada na conta gov.br, biometria facial, QR Code, certificado digital ou certificado digital em nuvem.

Veja como acessar o portal Meu INSS pelo site e pelo aplicativo:

Pelo site do INSS

    1. Acesse o site oficial do Meu INSS;
    2. Clique na opção “Entrar com gov.br”;

Pelo aplicativo do Meu INSS :

    1. Ao instalar o aplicativo Meu INSS no seu celular, selecione a opção “Entrar com gov.br”;
    2. Insira o seu CPF e clique em “Continuar”;
    3. Posteriormente, insira a senha e clique em “Entrar”.
    4. Na tela inicial, serão exibidos os principais serviços.
    5. Para encontrar um serviço específico, digite o nome na barra de busca “Do que você precisa?”

Esqueci a senha do Meu INSS, e agora?

Se você perdeu a senha do Meu INSS, não se preocupe, pois é possível recuperá-la de maneira bastante simples!

O procedimento inicial consiste em acessar o site ou aplicativo do Meu INSS, clicar em “Entrar com gov.br”, informar seu CPF e clicar em “Continuar”.

Entenda mais: Como recuperar a senha do Meu INSS?

Posteriormente, clique no botão “Esqueci minha senha”, complete o reCAPTCHA e prossiga. Logo após, selecione uma das opções disponíveis para criar uma nova senha.

A recuperação da senha pode ser realizada por meio do e-mail ou telefone registrados, biometria facial e também pelo internet banking dos bancos autorizados.

Como realizar o cadastro no Meu INSS utilizando o CPF?

Como mencionado anteriormente, o Meu INSS está conectado ao Gov.Br, o portal que oferece acesso a diversos serviços públicos do governo com um único usuário e senha.

Para efetuar o cadastro, é necessário fornecer suas informações e responder a algumas perguntas relacionadas à sua vida previdenciária com o INSS, sendo recomendável ter sua Carteira de Trabalho em mãos.

A seguir, apresentamos o passo a passo para concluir o cadastro no Meu INSS utilizando o CPF:

    1. Acesse o site ou aplicativo Gov.br;
    2. Clique em “Entrar com gov.br”, digite seu CPF e “Continuar”;
    3. A partir disso o site apresentará as opções de validação do CPF;
    4. Selecione a opção “Número do CPF”.

Nessa etapa será necessário preencher dados como:

    • Número do seu CPF;

    • Nome completo;

    • Data e local onde nasceu;

    • Nome completo da mãe;

    • E-mail e número de telefone celular;

    • Dados dos seus vínculos de emprego;

    • Eventuais benefícios recebidos;

    • Contribuições já realizadas.

Assim, ao fornecer essas informações, será possível gerar sua senha no gov.br, possibilitando o acesso ao Meu INSS por meio do CPF.

Simulador do INSS não está funcionando em 2024? Entenda o que fazer

Se você tentou acessar o simulador do INSS em 2024 e se deparou com uma mensagem de erro ou indisponibilidade, saiba que não está sozinho. Muitos segurados têm enfrentado dificuldades para utilizar essa importante ferramenta de planejamento previdenciário. Mas não se preocupe, pois existem alternativas para contornar esse problema e garantir que você tenha acesso às informações necessárias para tomar decisões sobre sua aposentadoria.

A primeira coisa a se fazer quando o simulador do INSS não estiver funcionando é verificar se o problema é generalizado ou específico da sua conta. Tente acessar o simulador em outro dispositivo ou navegador e veja se o erro persiste. Caso o problema seja pontual, pode ser necessário limpar o cache do seu navegador ou atualizar suas informações cadastrais no Meu INSS.

Outra opção é buscar informações atualizadas sobre a disponibilidade do simulador nos canais oficiais do INSS, como o site e as redes sociais. O instituto costuma comunicar eventuais instabilidades ou manutenções programadas nesses meios de comunicação. Fique atento também a notícias e reportagens sobre o assunto, que podem trazer esclarecimentos sobre os motivos da indisponibilidade e previsões de retorno ao funcionamento normal.

Se o simulador do INSS continuar fora do ar por um período prolongado, não deixe de buscar alternativas para planejar sua aposentadoria. Você pode entrar em contato com a central de atendimento do INSS pelo telefone 135 e solicitar uma simulação de benefício com base nas suas informações previdenciárias. Outra possibilidade é buscar a orientação de um advogado especializado em direito previdenciário, que poderá analisar seu caso e fornecer estimativas de valores e datas de aposentadoria.

Não deixe que a indisponibilidade do simulador do INSS em 2024 prejudique seus planos para o futuro. Mantenha-se informado, busque alternativas e conte com a ajuda de profissionais especializados para garantir que você tenha acesso às informações necessárias para tomar as melhores decisões sobre sua aposentadoria. E se você quiser receber um aviso assim que o simulador do INSS voltar ao normal, clique aqui e cadastre-se para ser informado em primeira mão!

Registro no Meu INSS através dos bancos

A geração da senha inicial do Meu INSS utilizando o Internet Banking está acessível para todos os indivíduos que possuem conta bancária, login e senha para os serviços online das instituições autorizadas.

O procedimento é bastante simples, e em poucos minutos, a sua senha estará pronta para ser utilizada no site ou aplicativo do Meu INSS.

Veja o passo a passo para acessar por meio do internet banking de alguns bancos autorizados.

Banco do Brasil
Ao acessar a página do Meu INSS, conecte-se ao Internet Banking do Banco do Brasil usando o número da sua conta e senha pessoal. Siga estes passos:

    1. Dentro da conta, vá para a opção “Serviços” no menu;
    2. Em seguida, busque por “Previdência Social” e “Senha Meu INSS – NAI”;
    3. Crie um código inicial de sete dígitos (somente números);
    4. Após o primeiro acesso no Meu INSS com o código inicial, será necessário gerar uma senha definitiva.

No cadastro pelo Internet Banking do Banco do Brasil (BB), não é necessário responder a nenhum questionário, pois as informações da conta bancária são consideradas autenticação.

Banese
Para quem possui conta no Banese, é possível criar a senha do Meu INSS pelo Internet Banking seguindo estes passos:

    1. Acesse o Internet Banking do Banese;
    2. Autentique seu usuário e clique em “Serviços”;
    3. Em seguida, clique em “Gerar Senha Meu INSS – NAI”;
    4. Crie um código inicial de sete dígitos.

Banrisul
O acesso também pode ser feito pelo Banco Banrisul. Veja como:

    1. Entre no Internet Banking do Banrisul;
    2. Vá até a opção “Serviços” e depois em “Criar Código INSS”;
    3. Crie o seu código inicial de sete dígitos (apenas números);
    4. Agora, é necessário criar a senha definitiva.

Bradesco
Conecte-se ao Internet Banking do Bradesco com as informações da sua conta e senha. Siga estes passos:

    1. Selecione “Outros Serviços” e clique em “Documentos”;
    2. Acesse “INSS – Cadastrar Código Inicial de Acesso ao Portal Meu INSS (NAI)”;
    3. Crie um código inicial de sete dígitos (apenas números);
    4. Em seguida, gere a senha definitiva.

Itaú
No Internet Banking do Itaú, também é possível criar o código. Siga estas instruções:

    1. Acesse o Internet Banking do Itaú pelo site ou aplicativo do banco;
    2. Vá até a opção “Previdência”;
    3. No menu, selecione “INSS”;
    4. Clique em “Cadastrar senha inicial de acesso ao Portal Meu INSS”;
    5. Crie o seu código inicial de sete dígitos (apenas números).

Caixa Econômica Federal
Conecte-se ao Internet Banking da Caixa Econômica com o número da sua conta e senha pessoal. Siga estes passos:

Saiba mais: Calendário de pagamentos do INSS

    1. Ao fazer login, acesse a opção “Páginas”;
    2. Busque por “Serviço ao Cidadão”;
    3. Vá em “Gerar Código para Serviço INSS”;
    4. Após gerar o código inicial, será necessário criar uma senha definitiva.

Santander
Entre na sua conta do banco Santander pelo Internet Banking. Siga estes passos:

    1. Clique em “Outros Produtos”;
    2. Selecione “Demais Serviços”;
    3. Em seguida, clique em “NAI – Núcleo de Autenticação Interbancária”;
    4. Crie o seu código inicial de sete dígitos (apenas números).

Sicoob
Se você ainda não tem senha para o Meu INSS e tem conta no Sicoob, crie uma agora pelo Internet Banking seguindo estes passos:

    1. Faça login no Sicoob;
    2. Clique em “Outras Opções” e “Previdência Social”;
    3. Em seguida, clique em “Senha Meu INSS” e “NAI”;
    4. Por fim, crie sua senha inicial de sete dígitos.

Com o login inicial, basta acessar o Meu INSS e realizar o primeiro acesso.

Como verificar a existência de benefícios em meu nome?

Se você deseja conhecer os benefícios associados ao seu nome, o INSS oferece o serviço denominado Declaração de Beneficiário do INSS.

Essa opção permite que o cidadão solicite um documento que esclarece se há ou não benefícios vinculados ao seu CPF.

Essa solicitação pode ser feita de maneira gratuita por meio do Meu INSS, eliminando a necessidade de deslocamento até uma agência.

Veja como proceder para solicitar a declaração de beneficiário:

    1. Faça o login no Meu INSS;
    2. Na página inicial, selecione a opção “Declaração de Beneficiário”;

3. Em seguida “Baixar PDF”.
4. Logo após será gerado o PDF com a declaração para ser baixado.

Outra alternativa, também disponível no Meu INSS, é selecionar a opção “Meus Benefícios”. Na tela subsequente, serão apresentados os benefícios concedidos em seu CPF, permitindo o download da declaração de “Nada Consta”.

Como consultar PIS/PASEP pelo Meu INSS?

Como verificar o PIS/PASEP pelo Meu INSS? Se você procura informações sobre o seu PIS de maneira conveniente e ágil, o Meu INSS oferece um serviço de consulta online.

Para consultar o PIS pelo CPF no Meu INSS, siga as etapas abaixo:

    1. Acesse o site ou o aplicativo do Meu INSS;
    2. Após realizar o login, na tela inicial, clique na opção “Extrato Previdenciário”. Se preferir, pode utilizar a barra de pesquisa e digitar “CNIS”;
    3. No painel do CNIS, você terá acesso a informações detalhadas sobre seus vínculos empregatícios e contribuições previdenciárias;
    4. No canto superior direito da tela, encontrará seu número do PIS/PASEP, equivalente ao NIT (Número de Identificação do Trabalhador);
    5. Se desejar, pode salvar ou imprimir o extrato previdenciário para manter um registro pessoal. Utilize os ícones de impressora ou disquete disponíveis no canto superior direito da tela.

Como realizar a simulação de aposentadoria pelo Meu INSS?

A simulação de aposentadoria pelo Meu INSS é uma forma prática de planejar seu futuro previdenciário.

Utilizando a calculadora do INSS, você pode verificar quanto tempo falta para sua aposentadoria e assegurar que suas informações estejam precisas.

Veja como efetuar essa consulta de maneira simples:

    1. Faça login na plataforma Meu INSS;
    2. No menu, selecione a opção “Simular Aposentadoria”;
    3. Durante a etapa de simulação, revise seus dados ou faça alterações necessárias clicando no ícone de lápis ao lado das informações;
    4. Após conferir seus dados, clique em “Recalcular” para obter o resultado da simulação;
    5. Com base no resultado obtido, você terá duas opções: solicitar a aposentadoria, caso esteja no momento adequado, ou baixar um PDF para manter um registro.

Recomenda-se realizar a simulação para verificar a precisão das informações sobre seus vínculos de emprego registrados pelo INSS. Se identificar algum problema, é possível realizar ajustes manualmente.

Confira também: Simulador de Empréstimo Consignado

Entretanto, se notar atrasos ou ausência de contribuições devido a ações do empregador, é aconselhável procurar aconselhamento jurídico especializado para corrigir essas questões.

Essa abordagem assegura uma simulação precisa e alinhada com sua situação real, garantindo que seus futuros benefícios previdenciários estejam corretos e proporcionais às contribuições realizadas.

Pedido Aposentadoria app MEU INSS

Ao utilizar o aplicativo Meu INSS, é possível solicitar diversos tipos de aposentadoria, como por tempo de contribuição, idade urbana, idade rural, aposentadoria para pessoas com deficiência e aquelas concedidas com base em acordos internacionais celebrados com o Brasil.

Entenda mais: Quem contribuiu por 5 anos tem direito a aposentadoria?

Saiba como solicitar sua aposentadoria pelo aplicativo Meu INSS com as instruções a abaixo:

    1. Faça login no aplicativo Meu INSS;
    2. Clique na opção “Novo Pedido” na central de serviços;
    3. Na lista de serviços, selecione “Aposentadorias e CTC e Pecúlio”;
    4. Escolha o tipo de aposentadoria desejada.
    5. Faça a atualização dos seus dados, se necessário, e clique em “Avançar”;
    6. Após ler as orientações, clique em “Avançar” novamente se estiver certo do seu pedido;
    7. Preencha as informações solicitadas e anexe os documentos necessários.

Caso tenham ficado dúvidas sobre como realizar a solicitação, confira o passo a passo com imagens, a seguir:

Pedido Aposentadoria app MEU INSS

Confira os principais passos para fazer o pedido de aposentadoria pelo app Meu INSS:

Pedido Aposentadoria app MEU INSS

Confira os principais passos para fazer o pedido de aposentadoria pelo app Meu INSS:

Importante: Assegure-se de que seus documentos estejam organizados para facilitar um processo rápido e eficaz.

Para mais informações sobre os serviços do INSS e outros temas relevantes, inscreva-se no formulário abaixo e receba nossos destaques semanais diretamente em seu e-mail.

Como marcar Perícia Médica no Meu INSS?

A perícia médica é um procedimento essencial conduzido por médico habilitado do INSS, cujo propósito é comprovar a presença de doença ou incapacidade, total ou parcial, que impeça o trabalhador de exercer sua profissão.

O agendamento para a perícia médica pode ser realizado através do Meu INSS, seja para solicitar o benefício pela primeira vez ou pedir sua prorrogação.

Siga estas etapas para agendar:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Clique em “Agendar Perícia”;
  3. Escolha entre “Perícia Inicial”, se for o primeiro pedido, ou “Perícia de Prorrogação”, se já estiver recebendo benefício;
  4. Clique em “Atualizar”;
  5. Confira ou atualize seus dados de contato e clique em “Avançar”;
  6. Forneça as informações necessárias para concluir o pedido.

Após o agendamento, compareça à agência do INSS na data e hora marcadas, levando consigo os seguintes documentos:

  • Documento original com foto do interessado (RG, CNH ou Carteira de Trabalho);
  • Documentos médicos originais (exames, laudos, receitas);
  • Se houver procurador ou representante legal, apresentar documento de identificação com foto do mesmo (RG, CNH ou Carteira de Trabalho) e CPF, juntamente com procuração ou termo de representação (tutela, curatela, termo de guarda).

Como enviar Atestado Médico?

O envio de atestados médicos pelo Meu INSS é um procedimento rápido e conveniente, especialmente após o período de pandemia do Covid-19. A Portaria Conjunta 9.381, divulgada em 7 de abril de 2020, permite o envio online de documentos médicos.

Saiba também: Laudo particular serve para o INSS?

Como ver o resultado da perícia no Meu INSS

Para encaminhar o atestado médico pelo site ou aplicativo Meu INSS, basta seguir as etapas abaixo:

  1. Faça login no site ou aplicativo do Meu INSS com suas credenciais;
  2. Na tela inicial, clique em “Agendar Perícia”;
  3. Escolha “Perícia Inicial” e clique em “Selecionar”;
  4. Responda “SIM” à pergunta “Você possui atestado médico” e prossiga;
  5. Preencha as informações solicitadas e clique em “Avançar”;
  6. Na próxima tela, clique em “Anexar” e faça o upload do atestado médico, podendo tirar uma foto pelo celular;
  7. Após anexar o documento, clique em “Enviar”;
  8. Selecione a agência do INSS desejada e prossiga;
  9. Revise os dados do requerimento e conclua o processo.

Após o envio do atestado médico, acompanhe o status do seu pedido na opção “Resultado de Perícia” pelo site ou aplicativo do Meu INSS.

Verificando a Aprovação do Benefício na Previdência Social

Aqueles que solicitaram benefício no INSS podem monitorar o processo ou resultado através do Meu INSS. Basta acessar o site ou aplicativo, efetuar o login e, na página inicial, selecionar “Consultar pedidos”. Encontre o seu processo e verifique se o benefício foi aprovado ou indeferido.

É crucial destacar que, conforme a Lei dos Processos Administrativos (Lei 9.784/1999), o INSS tem 30 dias para conceder ou recusar o pedido.

Veja também: Benefício do INSS negado! Como entrar com recurso?

E esse período pode ser estendido por mais 30 dias, caso o instituto tenha razões para não ter analisado seu benefício dentro do prazo estabelecido por lei.

Portanto, o prazo de avaliação de benefícios do INSS é de até 60 dias.

Após esse intervalo, se aprovado, o órgão emitirá a carta de concessão, que será enviada para o seu endereço, mas também pode ser acessada através do Meu INSS.

Este documento serve como comprovante do recebimento do benefício, contendo diversas informações úteis para o segurado.

Depois que o benefício é concedido, o INSS tem até 45 dias para iniciar os pagamentos.

Como pedir a Carta de Concessão pelo Meu INSS?

Como já abordado anteriormente, a carta de concessão é um documento que apresenta as principais informações sobre o benefício aprovado, incluindo valor, espécie, número do benefício do INSS e dados sobre o banco responsável pelo pagamento.

A solicitação da carta de concessão pode ser efetuada online, através do Meu INSS, seguindo os passos a seguir:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Na página inicial, clique em “Carta de Concessão”;
  3. Visualize ou imprima o documento.

Para quem prefere atendimento presencial, é necessário agendar previamente em uma agência próxima:

  1. Faça login no Meu INSS, inserindo CPF e senha;
  2. Na página inicial, clique em “Novo Pedido”;
  3. Na caixa de busca, digite “Carta” e selecione a opção correspondente;
  4. Clique em “Avançar”, preencha as informações de contato e compareça à agência no dia e horário agendados.

Em caso de dúvidas, é possível contatar o telefone do INSS pelo número 135, com atendimento de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília).

Existe a opção de atender a exigências por meio do Meu INSS?

Quando o INSS identifica alguma pendência em sua solicitação, a instituição entrará em contato por e-mail ou mensagem de celular, o que é conhecido como cumprimento de exigência do INSS. Esse processo pode ser resolvido diretamente pelo Meu INSS. Assim que estiver com a documentação exigida, é necessário acessar a plataforma e seguir os passos abaixo:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Na página inicial, selecione “Cumprimento de Exigência”;
  3. Caso haja pendências, será informado na tela;
  4. Escolha o processo para anexar seus documentos;
  5. Anexe os documentos solicitados.

Atenção: O prazo para cumprir as exigências do INSS é de 30 dias corridos. Portanto, ao receber a carta de notificação, é recomendável resolver a pendência. Se perceber que não será possível enviar a documentação no prazo, é possível solicitar a prorrogação, sujeita à avaliação do INSS.

Como consultar as taxas de juros de empréstimos consignados dos bancos no Meu INSS?

No Meu INSS, é simples obter informações sobre as taxas de juros dos empréstimos consignados oferecidos pelos bancos. Para acessar esses dados, siga as etapas abaixo:

  1. Faça login no Meu INSS com a conta gov.br;
  2. No menu, selecione “Simulador de Consignado” ou utilize a barra de pesquisa;
  3. Visualize as opções de empréstimo disponíveis, juntamente com suas taxas de juros;
  4. Escolha uma opção para obter detalhes, como valor total e custo efetivo;
  5. Solicite uma proposta online ou entre em contato com o banco escolhido.

Dessa forma, você terá todas as informações necessárias sobre as taxas de juros dos empréstimos consignados, permitindo a comparação das ofertas disponíveis antes de tomar uma decisão.

Confira também: Tabela de comparação de empréstimo consignado

Como Simular Juros do Empréstimo Consignado: Utilize Nosso Simulador para Encontrar as Melhores Taxas. Confira!

A revisão do benefício é uma avaliação realizada sobre o benefício já concedido pelo INSS e que está em pagamento para aposentados ou pensionistas. Geralmente, o objetivo da revisão de aposentadoria é aumentar o valor do seguro, embora, em muitos casos, possa resultar na redução do benefício.

Leia mais: Como funciona a revisão do artigo 29 do INSS?

A revisão é especialmente relevante para aqueles que perceberam que algum período de contribuição não foi considerado pelo INSS. Se deseja revisar seu benefício, saiba que pode solicitar de forma direta pela internet, no Meu INSS. Siga o passo a passo:

  1. Acesse o site Meu INSS;
  2. Faça login com CPF e senha cadastradas no Gov.br;
  3. Clique em “Novo Pedido”;
  4. Digite o nome do serviço/benefício desejado;
  5. Na lista, clique em “Recurso e Revisão” e depois em “Revisão”;
  6. Leia o texto exibido na tela e prossiga seguindo as instruções.

Em aproximadamente 30 dias corridos, você receberá uma resposta sobre sua solicitação, podendo acompanhar a revisão do benefício também pelo Meu INSS:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Clique em “Agendamentos/Solicitações” e depois em “Atendimentos à distância”;
  3. Localize sua solicitação e clique no ícone lupa para detalhar seu processo.

Verificar resumo de contribuição (CNIS)

CNIS é a abreviação de “Cadastro Nacional de Informações Sociais”. Ele se assemelha a um resumo das contribuições do trabalhador, funcionando como um extrato do INSS para aposentadoria ou para requerer outros benefícios.

Neste documento, é possível encontrar as seguintes informações:

  • Nome do empregador, período trabalhado e salário/remuneração recebida;
  • Histórico das contribuições pagas ao INSS, seja pelo empregador ou por meio da Guia da Previdência Social (GPS).

Solicitar resumo de contribuição (CNIS) Para requisitar o resumo de contribuição, siga os passos abaixo:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Selecione “Extrato de Contribuição (CNIS)”;
  3. Clique em “Baixar PDF”.

 Você pode programar um horário para retirar o documento na agência. Veja como:

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Clique em “Agendamentos/Solicitações”;
  3. Selecione “Novo Requerimento”;
  4. Insira o nome do serviço e siga as instruções.

 

Verificar comprovante de pagamento de benefício

 

O comprovante de pagamento de benefício é um documento gratuito que fornece diversas informações sobre o pagamento do benefício em um período específico. Os segurados do INSS podem verificar os valores depositados, a data e o banco responsável pelo pagamento no documento.

Leia também: Lista de benefícios do INSS

Além disso, o extrato inclui informações sobre o décimo terceiro salário do INSS e quaisquer elementos que possam adicionar ou deduzir valores nos pagamentos.

Para obter o extrato de pagamento do INSS de forma online, siga estas etapas:

  1. Acesse o Meu INSS e faça login;
  2. Na tela inicial, clique em “Extrato de pagamento”;
  3. Selecione as competências disponíveis, escolha qual deseja consultar e clique para detalhar;
  4. Confira as informações do pagamento, incluindo todos os descontos. Para baixar, role a página e clique em “Baixar PDF”.

Se preferir, também é possível solicitar o extrato de pagamento presencialmente, mediante agendamento prévio no INSS. Siga estas etapas para agendar:

  1. Faça login no site ou aplicativo Meu INSS;
  2. Na página inicial, clique em “Novo Pedido”;
  3. Digite “Extrato de pagamento” e siga as instruções.

Compareça à agência do INSS no dia e horário agendados, portando os seguintes documentos originais:

  • Documentos pessoais com foto;
  • Se tiver um representante legal, leve procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante.

Além dessas opções, é possível obter o comprovante de rendimentos na Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil. Acesse um caixa eletrônico ou o aplicativo desses bancos, procure por “Previdência Social” no BB e “Extrato Previdenciário” na Caixa.

Alteração do método de pagamento para conta corrente

Os beneficiários que atualmente recebem por meio de cartão magnético têm a opção de realizar a mudança para pagamento em conta corrente.

Para efetuar essa alteração, é necessário comparecer à agência do seu banco e formalizar a solicitação. O mesmo procedimento se aplica àqueles que desejam modificar as informações bancárias associadas ao recebimento.

Verificar extrato de empréstimo consignado

O extrato de empréstimo consignado, também chamado de HISCON, proporciona ao segurado a oportunidade de revisar todo o histórico de créditos consignados. Ele oferece informações sobre o valor disponível de margem consignável, as parcelas já descontadas e o prazo de pagamento.

Este extrato é de grande relevância para aqueles que desejam monitorar todos os descontos efetuados em seu benefício e, desse modo, identificar possíveis irregularidades.

Veja mais: Calculadora de desconto INSS

Verificar o extrato de empréstimo é extremamente ágil e conveniente, sendo possível realizar o procedimento inteiramente pela internet. Confira a seguir como gerar o seu:

  1. Acesse o Meu INSS e efetue o login;
  2. Na tela inicial, escolha a opção “Extrato de Empréstimo”;
  3. Se possuir mais de um benefício, selecione aquele que deseja verificar e clique sobre ele;
  4. Na próxima tela, você terá acesso aos seus empréstimos ativos, suspensos, excluídos ou encerrados. Caso deseje, é possível “Baixar o PDF” para armazenamento em seu computador.

Como gerar o Extrato INSS para a Declaração do Imposto de Renda?

Os beneficiários do INSS que necessitam realizar a declaração do imposto de renda devem obter o extrato INSS para Imposto de Renda, um documento que apresenta as informações dos pagamentos recebidos no ano anterior.

A emissão desse extrato pode ser efetuada através do Meu INSS, seguindo os passos abaixo:

  1. Acesse o Meu INSS e faça o login;
  2. Na página inicial, clique em “Extrato de Imposto de Renda”;
  3. Escolha o ano-calendário desejado e clique em “Baixar PDF”.

Veja como tirar seu Extrato de Imposto de Renda pelo Meu INSS

Siga o passo a passo com todas as etapas para tirar seu extrato de forma simples e rápida pelo celular.

Veja como tirar seu Extrato de Imposto de Renda pelo Meu INSS

Siga o passo a passo com todas as etapas para tirar seu extrato de forma simples e rápida pelo celular.

Como localizar a agência do INSS mais próxima?

Encontrar a agência do INSS mais próxima de sua residência e verificar os horários de atendimento é um processo simples. Veja como:

  1. No site ou aplicativo Meu INSS, acesse o serviço “Encontre uma agência” diretamente na página inicial;
  2. Digite seu CEP ou endereço, e em poucos minutos, você terá acesso às informações sobre as agências mais próximas.
  3. Observação: Não é necessário fazer login na sua conta gov.br para seguir as instruções acima.

Se houver dúvidas, um guia passo a passo com image

Como encontrar a agência do INSS mais próxima

Como encontrar a agência do INSS mais próxima

Como atualizar minhas informações no INSS?

Manter seus dados atualizados no INSS é uma ação crucial para assegurar a precisão das informações e facilitar futuros procedimentos junto à Previdência Social.

Através do portal Meu INSS, é possível realizar atualizações em vários campos, incluindo:

    • Nome;

    • Data de nascimento;

    • Telefone;

    • E-mail.

Essa atualização é especialmente útil quando há planos de solicitar uma revisão de benefício ou realizar qualquer outra requisição no INSS.

Para aqueles enquadrados como contribuintes individuais, facultativos, empregadas domésticas ou segurados especiais, o Meu INSS permite a inclusão, alteração, encerramento, reinício e exclusão do tipo de atividade exercida.

Para atualizar suas informações, acesse a aba “Meu Cadastro” no site ou aplicativo Meu INSS e efetue as alterações necessárias.

Saiba mais: Como atualizar o seu endereço no INSS

Além de garantir a correção de seus dados pessoais, você também encontra todas as informações vinculadas ao seu cadastro na mesma aba.

Atenção: Certifique-se de que tudo esteja atualizado e em conformidade para garantir uma interação tranquila com o INSS sempre que necessário.

Como efetuar o cadastro no INSS para contribuição ou solicitação de serviços?

Para efetuar o cadastro no INSS ou solicitar serviços, basta seguir estes passos simples:

    1. Acesse o site Meu INSS.

    1. Escolha a opção “Cidadão”.

    1. Clique em “Inscrição” e, em seguida, em “Filiado”.

    1. Leia atentamente as instruções na tela e prossiga conforme orientado.

Para inscrever pessoas não contribuintes, como crianças ou procuradores, o processo no Meu INSS difere:

    • Não utilize o site Meu INSS para esse caso.

    • Entre em contato pelo número 135.

    • Siga as instruções fornecidas pelo atendimento.

Esse método é específico para aqueles que não contribuem diretamente, garantindo acesso adequado aos serviços do INSS. Se já estiver cadastrado no PIS, PASEP ou NIS, esse número serve como sua inscrição no INSS, sem a necessidade de uma nova inscrição. O processo é totalmente online, dispensando visitas presenciais ao INSS.

Principais equívocos ao acessar ou cadastrar no aplicativo Meu INSS

Ao utilizar o aplicativo Meu INSS, é comum deparar-se com alguns erros, principalmente durante o acesso ou cadastro. Aqui estão exemplos de problemas que podem surgir, acompanhados de dicas para evitá-los:

    • Não esqueça sua senha: O erro mais frequente é não cadastrar a senha do Meu INSS ou esquecer a senha cadastrada. Ao criar sua senha, é recomendável anotá-la em um local seguro para referência posterior.

    • Proteja seus dados: É crucial que os dados de contato, como e-mail e telefone, utilizados no cadastro, sejam seus. Não compartilhe essas informações com terceiros, pois isso pode causar problemas ao recuperar sua senha.

    • Evite deslocamentos desnecessários: Algumas pessoas precisam visitar uma agência para recuperar senhas cadastradas com informações de terceiros. Evite essa situação cuidando do seu próprio cadastro.

    • Limite de tentativas: O aplicativo permite apenas três tentativas incorretas de senha. Após o terceiro erro, será necessário ir a uma agência para desbloqueio.

Ao seguir essas orientações, você poderá acessar o site ou aplicativo Meu INSS com mais facilidade e aproveitar os serviços disponíveis.

Além disso, com informações atualizadas, você poderá usufruir de nossos serviços, como a simulação e contratação de empréstimo consignado e a portabilidade de contratos existentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *